terça-feira, 17 de abril de 2018

Ecos do Maio de 68 em Portugal: a crise académica de 1969

Ecos do Maio de 68 em Portugal: a crise académica de 1969





Evento no Facebook

Segunda-feira, 23 de Abril, às 21h30, na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva

A Civitas, antecipando as comemorações dos 50 anos de Crise Académica de Coimbra, invoca o Maio de 68, meio século depois e em Abril, mês da Liberdade.

Desta vez, o Encontro de Cidadania Civitas traz ao debate atores deste momento histórico que em muito contribuiu para a Revolução que principiava a desenhar-se. Os membros do painel, jovens estudantes de Coimbra, na altura, têm em comum serem bracarenses e sócios da Civitas. Aceitaram partilhar episódios vivenciados intensamente e análises do sucedido : o "peço a palavra", a crítica ao regime, a guerra colonial, o sistema de ensino e, consequentemente, o despertar para a política e para a cidadania.

Os jovens estudantes são Artur Sá da Costa, Etelvina Sá, Henrique Barreto Nunes, Mário Lima e Pedro Bacelar de Vasconcelos.

O encontro de cidadania é organizado pela Civitas Braga, em parceria com a Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva e a Fundação Castro Alves.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!